Chlorella: conheça essa alga, seus benefícios e como consumir

Artigos

 

A busca por opções saudáveis, antioxidantes e principalmente sustentáveis crescem de modo exponencial a cada dia. Como já diria o velho ditado: Quem procura, acha… e muita gente achou. Um grande número de pessoas tem encontrado na Chlorella uma forma de obter uma série de nutrientes e benefícios à saúde.

De acordo com estudos, a alga é rica em variedade de compostos nutricionais.

Se você está procurando novidades alimentares para turbinar sua saúde, então não deixe de ler esse texto até o fim.

Afinal, o que é Chlorella?

A chlorella é uma alga verde cultivava em água doce. Ela tem sido fonte de uma série de pesquisas por conta de seu alto teor de nutrientes que podem ser consideradas como medicinais.

Algo que chama muita atenção nessa alga é seu alto teor de proteína. Uma porção de 100 gramas de chlorella contém cerca de 60 gramas de proteína.

Além de seu alto teor de proteínas, a alga é rica em vitaminas, minerais e compostos antioxidantes.

Informação nutricional da Chlorella

Em 100 gramas da alga, encontramos a seguinte informação nutricional:

  • Energia – 400 calorias;
  • Proteínas – 60 g;
  • Carboidratos – 15 g;
  • Gorduras -13 g;
  • Fibras – 10 g;
  • Cálcio – 48 mg;
  • Fósforo – 1,2 mg;
  • Ferro – 101 mg;
  • Magnésio – 10 mg;
  • Potássio – 54 mg;
  • Selênio – 20 mcg;
  • Vitamina B1 – 0,36 mg;
  • Vitamina B2 – 1,25 mg;
  • Vitamina B3 – 13 mg;
  • Vitamina B6 – 0,48 mg;
  • Vitamina C – 27 mg;
  • Vitamina D – 0,2 mcg;
  • Vitamina E – 3,25 mg;
  • Carotenoides – 860 mg;
  •  Clorofila – 2,6 mg.

Apenas de observar a tabela nutricional da alga, já dá para imaginar seus efeitos à saúde dos consumidores.

Principais benefícios da chlorella

Devido ao seu alto teor nutricional, essa incrível alga promove muitos efeitos benéficos à saúde de quem a introduzir em sua rotina alimentar diária.

Os principais benefícios da chlorella são:

  • Auxilia no ganho e manutenção de massa muscular;
  • Favorece a perda de gordura corporal;
  • Potencializa o funcionamento do sistema imunológico;
  • Previne/reverte anemia;
  • Possui ação antioxidante – diminui os danos dos radicais livres, prevenindo câncer e mantendo aparência mais jovial;
  • Potencializa o funcionamento do sistema cardiovascular.

Efeitos colaterais ou contraindicações

Literaturas indicam que não há relatos de efeitos colaterais, tampouco contraindicações no consumo da alga.

Como consumir chlorella?

A chlorella é comercializada atualmente sob a forma de cápsulas ou em pó. A maneira de consumo depende muito de cada pessoa, afinal os objetivos são um tanto quanto particulares.

Caso a intenção seja apenas de obter os benefícios usuais, tais como ação antioxidante e potencialização do funcionamento do sistema imunológico, pequenas doses, ou seja, cerca de 3 a 5 g diárias da alga já são suficientes.

Se o objetivo for recuperar ou prevenir anemia, ou ganhar massa muscular, por exemplo. É necessário, então, buscar o auxílio de um nutricionista para acertar doses e definir estratégias pontuais.

É importante ter em mende que cada organismo é único. O que funciona para mim, certamente não irá funcionar para você! Quer inserir a chlorella em sua alimentação? Procure um nutricionista de sua confiança, ele é o profissional mais capacitado para te ajudar nessa questão.

 

Fonte: Murilo Camano, nutricionista especialista em Nutrição Esportiva

Publicado em 12 julho de 2018