Calorias: Será que só isso importa?

Artigos

A ideia de contar calorias para atingir objetivos como emagrecimento e ganho de massa magra podem até funcionar, mas já é considerada uma maneira no mínimo errônea, ou então simplista de controle de peso. Alimentos tendem a afetar nossos organismos de maneira diferentes, sendo assim, além das calorias é necessário saber a qualidade dos nutrientes presentes nos alimentos que serão ingeridos. Confira a seguir uma explicação detalhada sobre esse delicado assunto.

Afinal, o que é caloria

Caloria nada mais é do que uma medida energética. Para 1 grama de água ter sua temperatura elevada em 1 grau Celsius é necessário exatamente uma caloria.
O corpo humano precisa de calorias para se locomover, respirar, realizar contrações, e demais funções corpóreas, isso não seria possível sem que houvesse energia. Em média o corpo humano necessita de cerca de 2000 calorias diariamente para funcionar adequadamente.

Devemos pensar em nutrientes!

Um brigadeiro possui aproximadamente as mesmas calorias que uma maçã, cerca de 115 calorias, porém é fácil de perceber que estes alimentos são totalmente diferentes entre si, não é mesmo? Enquanto um contém grande quantidade de fibras e minerais em sua composição o outro é simplesmente composto por açúcar e gorduras de má qualidade

Embora sejam parecidos, alimentos podem ser ser diferentes quando falamos de seus efeitos no organismo.

Um exemplo clássico de qualidade nutricional acontece com os carboidratos. Há alimentos que possuem carboidratos simples, como é o caso do pão francês e demais massas feitas com farinhas brancas, e também alimentos que possuem carboidratos complexos como o caso de pães e massas feitos a partir de farinha integral.

Um grama de carboidrato possui 4 calorias, se pegarmos duas fatias de pão de forma integral e compará-las as calorias serão parecidas, porém seus efeitos no organismo serão totalmente diferentes. O pão normal possui alto índice glicêmico, enquanto o pão integral, possui baixo índice glicêmico. O que isso significa? Que o carboidrato presente do pão normal será transformado muito mais rápido em açúcar e cairá na corrente mais rapidamente do que o carboidrato do pão integral.

Quanto mais rápido for o açúcar cair na corrente sanguínea mais rápido ele será absorvido, e mais rapidamente a pessoa sentirá fome. Por isso deve-se preferir carboidratos de baixo índice glicêmico, eles mantêm as taxas de açúcar do organismo mais baixas e mais constantes, sendo assim, proporcionam energia e saciedade por mais tempo.

O mesmo pensamento vale para as gorduras. Existem vários tipos de gorduras as saturadas, as trans, as polinsaturadas e as monoinsaturadas. Um grama de gordura possui 9 calorias, porém existem gorduras benéficas como monoinsaturadas e polinsaturadas, encontradas em alimentos como sementes oleaginosas, azeites e abacate, por exemplo e também gorduras maléficas como as trans e as saturadas, presentes em recheios de bolachas, salgadinhos e alimentos de origem animal. As calorias são as mesmas, porém os efeitos à saúde são totalmente diferentes.

Preze por qualidade

Ao invés de realizar dietas malucas onde apenas calorias são contabilizadas, pense nos nutrientes que os alimentos podem te oferecer, dois alimentos podem ter a mesma quantidade de calorias e serem benéficos ou maléficos a quem os ingere, o profissional nutricionista é um grande aliado na hora de realizar escolhas saudáveis e benéficas. Pense nutricionalmente, não caloricamente.

Fonte: Murilo Camano, nutricionista especialista em Nutrição Esportiva

Publicado em 27 abril de 2018